Los Andes Sagrados

Los Andes Sagrados

lunes, 20 de enero de 2014

Amar cada ser...


Há tanto pensamento intentando amar, que molesta o AMOR. Porque a abundância de pensamento julga o amor, o compara, o transforma em um objeto. E o AMOR é indomável, não domesticável aos pensamentos.
Queres situar-te, por favor, no ânimo de ser um praticante fervoroso, intenso, deixando a ansiosa busca e colocando-te no espaço do NÃO SEI, e sem querer possuir a sabedoria, recebe VAZIO.
Assim, amamos em cada SER a árvore que também nasce, vive e parte. A árvore em cada ser, que com suas pequenas mortes, é como nós, fugaz, passageira, mas tão bela e luminosa.
Acarreamos todos os outonos, se percebemos as pessoas desde a percepção cerebral, as dividimos entre as que podem receber o AMOR e as que não. 
Atreve-te a descobrir em ti, no íntimo sentir, este amor que não divide, que não se importa pelo outono ou pela pele velha, ou pela barriga, e vê o que o AMOR vê.
A vida viva! Assim, não morremos antes da morte.
Amar é uma arte, se mergulhas inteiro na prática, ninguém te ensinará, porém tu compreenderás! 
Lucidor Flores

Prática dos 21 dias
O VOO DO PÁSSARO AZUL
Libertando o Condor do Coração
de 1º a 21 de março de 2014
www.misticaandina.com.br

No hay comentarios:

Publicar un comentario