Los Andes Sagrados

Los Andes Sagrados

viernes, 15 de marzo de 2013

Azul silêncio!


Amadas gotinhas, silêncio marinho! Nestes dias, utilizemos com suavidade as gloriosas palavras que Deus, o Verbo, nos presenteou, e sejamos irradiantes silenciosos...
Silêncio de profeta, de discípulo, de sábio andino. Silêncio de gotinha enamorada, surpreendida por sua Amante Vida. Azul silêncio dos revolucionários de nossa geração que irradiam as sílabas de água de Pachamama e assim, instigam a floresta a se transformar em vida e graça...
Amados seres, sintam a realidade não verbal que nos rodeia, desde o corpo até as nuvens: tudo vibra e expressa, mas sem esta verborragia infantil e ansiosa.
Que sonoro silêncio o de Pachamama!  Ah, esta melodia amorosa...

No hay comentarios:

Publicar un comentario