Los Andes Sagrados

Los Andes Sagrados

jueves, 6 de septiembre de 2012

Sou uma usina de fé poética!



"Hoje te suplico, amigo peregrino, amada irmã peregrina andorinha, que viajes da imensidão à imensidão, que te libertes deste peso racional da mente social que só acredita na imagem e no poder do dinheiro.
Libera-te! E entra em estado de fé poética no amor, nos sonhos corajosos, em tua própria e bendita luz, e afirma:
Sou uma usina de fé poética na luz que me anima, no amor que me dá vida e na possibilidade de renascer grupalmente no reino dos céus, na Nação Pachamama!
Se sonhamos, acontece, se criamos uma rede de mentes e corações conectados à Pachamama, a tecedora de todos os fios, podemos, sim, realizar o sonho de voar como andorinhas suaves e mansas na tarde acobreada e azul da vida.
Hoje canta muito, dança, sorri bastante, come devagar, sentindo as cores e os sabores que Pachamama te doa e absorve, dissolve tudo em tua boquinha, agradecendo. Ah! Que dia hoje!
E recebe os milagres que enviaremos a ti. Aceita que esses milagres são pequeninos obséquios de verdades espirituais. Sabe que, oculta em cada situação, há uma lição espiritual a aprender e uma bênção espiritual para nós, se, abertos, recebemos esta lição milagrosa. E peregrina pelo dia, acordado, servindo e sendo um presente para os outros!"
PS: essa imagem foi pintada, inspirada nos 21 dias, por uma andorinha sagrada que vive na Suécia, e que ali está semeando e irradiando junto com outras andorinhas....

No hay comentarios:

Publicar un comentario